quinta-feira, março 08, 2007

quase manhã
e nada de ti

nem do teu cheiro

lá fora
só o ruído
de gente
que não passa.

© Ademir Antonio Bacca

4 comentários:

andré disse...

Ademir, gosto muito destes teus escritos rápidos e certeiros. Gostaria de saber como faço para adquirir teus livros. Abraços

Karla disse...

Muito lindo e muito romântico.
E a vida passa...

Fátima disse...

Ademir, sempre me encanto com tuas poesias.
abraços

Fátima
www.soletrando.recantodasletras.com.br

TARCIO VIU ASSIM disse...

EU JÁ VIVI ESSA INSÔNIA DE APAIXONADO NÃO-CORRESPONDIDO;
A ESPERA QUASE CEGA DO ALGUÉM QUE NÃO VEM.
-
Abraço sertanejo, poeta!