segunda-feira, março 26, 2007

álibi

depois
de pronto
o poema
não volto mais
a ele

sou daqueles
que nunca voltam
ao local do crime

© Ademir Antonio Bacca
do livro “O Relógio de Alice”

2 comentários:

Karla disse...

Risos, muito interessante isso, não olhado por esse pto de vista =)

Geórgia disse...

Gosto muito Ademir. Gosto de coisas que, embora sintéticas, dizem muito!