sexta-feira, março 07, 2008

todo amor
quando acaba
deixa um fantasma
a abrir e fechar
as portas da casa
dentro da noite
vadia.

© Ademir Antonio Bacca

Um comentário:

Andrea Lucia disse...

É... belo retrato sobre a esperança de um amor que ainda não morreu...
Beijos,
Andrea.