sexta-feira, março 07, 2008

pedido

não ponha
palavras
nos meus olhos

deixe que eles
te vejam
do jeito que
eu te imagino

© Ademir Antonio Bacca
do livro “Grito por dentro das palavras”

4 comentários:

Walnélia disse...

Poema maravilhoso...
Grande abraço,Ademir

SAM disse...

Que bonito... A imaginação estimula os sentidos.

Abraço

verluci disse...

deixe que eles
te vejam
do jeito que
eu te imagino


Adorei! Por versos assim que sou tua fã... escreves o que eu gostaria de ter escrito.

Verluci

Andrea Lucia disse...

Lindo!
Direto e profundo... tal como o olhar e a nossa mente.
Parabéns!!
Beijos,
Andrea.