quinta-feira, março 20, 2008

Arte: Olbinski

9 comentários:

Leonor Cordeiro disse...

Olá poeta !
Para comemorar o dia do blogueiro (20/03) fiz uma pequena homenagem aos blogs que mais quero bem.Claro que o seu blog está entre eles.
Depois passe pelo blog NA DANÇA DAS PALAVRAS e dê uma olhadinha.
Grande abraço!
Com carinho,
Leonor Cordeiro

Antonio Carlos disse...

Excelente, poeta! Parabéns!!!

Abraços,
Antonio Carlos

SAM disse...

Este post de Rafal Olbinski é lindo. Esse polonês é fantástico. A dúbia face do dia e da noite : a lágrima que escapa da mão que mesmo tampando-lhe a visão, está o inconsciente desperto e o sentido das coisas da vida. Duplo sentido da serenidade.. À noite, sua face é adornada por uma rosa. Surrealismo?! Detalhes do inconsciente...

Abraço

Guilherme Mossini Mendel disse...

Nossa, Ademir!
Muito interessantes e plurissignificativas essas imagens que você posta!
Acho muito legal! Muito bom!

Ademir, se você quiser visitar (isso é um convite, um aviso, não uma obrigação), eu também tenho um blog. Não é tão interessante quanto os seus. Mas é apenas um investimento para divulgar os meus textos.
Endereço: www.guilherme.mendel.zip.net

Abraço!
Tudebão!

Guilherme Mendel disse...

Muito obrigado pela visita no meu blog e pelo comentário também, Ademir!

Abraço!
"Tudebão!"

SAM disse...

Ótima semana, Ademir!

Abraço


* Mais uma vez me deliciando com as belas partilhas...

Cassiane Schmidt disse...

Bela imagem....

Seu blogue esta lindo!

Nalva Kuhn disse...

Preciso mesmo urgentemente é saber onde posso encontrar livros seus para comprar... Amo a sua poseia.

Um grande abraço aqui da Bahia.

Nalva Kuhn

Nalva Kuhn disse...

Esqueci de dizer que você podfe deixar a informação que eu pedí no meu blog... ou nalvakuhn@oi.com.br

Abraços