quinta-feira, fevereiro 22, 2007

Era isso, John?

beber
as emoções todas
no cálice da ousadia;

sonhar
todos os sonhos imagináveis
da maneira mais louca possível;

quebrar
todas as regras de comportamento

e desafiar
todas as leis,
em todos os países.

E depois, John,
vestir paletó e gravata
e renegar o tempo
que passou?

© Ademir Antonio Bacca
do livro “O Relógio de Alice”

4 comentários:

Lílian Maial disse...

"Ainda somos os mesmos e vivemos como nossos pais..." - já dizia o Belchior.
É isso, John! É exatamente isso, querido, e tua poesia não nos deixa mentir (nem ao John).
Beleza teu blog!
beijos,
Lílian Maial

Marisa disse...

Lindo! Mas não me deixe pensar em respostas...

'Relógio de Alice' vai ser O livro!

Jade disse...

Muito belo, Ademir.
Beijo,
Jade

Mônica Montone disse...

E agora John????!!!

Adorei!!

beijos, Bacca

MM