sábado, maio 05, 2007

amora

guardo em mim
o teu aroma mais doce
de uma noite de outono
que ainda não passou

gosto de fruta madura
a molhar meus lábios
nestas longas noites
de espera

© Ademir Antonio Bacca
do livro em preparo”Grito por dentro das Palavras”

2 comentários:

A Sonhadora disse...

Hummm, Ademiro, poema bem intenso..
Um abraço da sonhadora

verluci disse...

'uma noite de outono
que ainda não passou'

belíssimos versos Ademir

Verluci