sexta-feira, maio 27, 2016



do ir embora de mim

deixei para trás
o que pensei
que não me faria falta

velhas roupas, mágoas
e paixões mal resolvidas

levei comigo
alguns livros, poucos discos
e toda lembrança tua
que coube dentro da mala.

© Ademir Antonio Bacca
do livro “Grito por dentro das palavras”

2 comentários:

Nadilce Beatriz disse...

Fugir... Eu gostaria. Mas está muito frio.
Linda expressão do teu 'fugir'.

Nalva Oliveira disse...

Maravilhosa!
É o que eu sempre digo: Quer poesia perfeita? Ademir Antônio Bacca!